Valorizem-se com a plenitude de cada momento

Antes da reunião, tocamos e cantamos por 45 minutos, com o violão, as canções que temos composto juntos.

“Olívia e Robert”

Juliana: Robert já é da Egrégora?
Juliano: Padre Robert

Música cantada: “Senta e puxa conversa e fala de amor….”

“Falo todos os dias, em todas as horas e em cada minuto, porque eu amo o Amor. Eu amo poder amar. Amar me faz livre para crer, conhecer, esperar e realizar. Eu amo o Amor. Sou apaixonada por ele. Vivo dele, por ele e para ele todos os dias. Beijos, sempre. Adorei a canção, será a minha. Olívia”

“Love is all that really matters at all. Love is the only way. The one you have to carry on. Source of healing and freedom. Source of everything. The Father of all is love. The love is His nature, is who He is. And we are loved creatures, sons and daughters. We are all loved by Him. The work of Circle has to be a work of love. Human history has showed what happens when knowledge comes with no love. Blood and war and violence, trauma and fear. Desperate people hunger of love. Is not only knowledge but a experience in the Truth. And the Truth is God, and God is
love. That’s the reason for all work of Circle needs to be signed by love. Always around, Robert”

Juliana: “Queria saber sobre minha baixa de energia durante o dia, tenho sentido muito sono, se tem alguma coisa que eu possa fazer para melhorar, inclusive alguma questão de alimentação, não sei.. queria lançar essa pergunta”

“Talvez seja bom fazer um exame de sangue, pois, pelo o que percebemos, pode ser uma baixa no ferro. Mas acreditamos que uma abordagem homeopática, com leve correção nas refeições e a constância nos exercícios deve bastar”

Juliano: Eu nunca os vi fazer isso não. Ela é hipocondríaca, gosta de um remédio, uma coisa…

“Julianos, eu estou muito feliz que hoje posso, aqui, lhes falar. O desafio é
transmutar a culpa em empatia e, então, viver a compaixão e a fraternidade. Não existe fuga. Não tem jeito. É a encarnação como ela é. Não tenham medo, valorizem-se com a plenitude de cada momento. Vivam o amor de vocês sem constrangimento, pois ele será sempre fonte de
força, riso e disposição para realizar e viver com inspiração.
Meu beijo a vocês,
Joseph Lindenberg”

Juliano: Obrigado Joseph
Juliana: Ele já veio outras vezes?
Juliano: humrum
Juliano: Eu não lembrava da letrinha ler ser tão boa.
Juliana: Ele escreve bem direitinho né?
Juliano: É, ele escreve bem redondinho, certinho. Ele é o espírito que nos escreveu, nos desenhou vários símbolos..
Juliana: Ah, sei sim.
Juliano: Eu mal tava tocando a prancheta, ele tem mais força…
Juliana: Eu também tava com o dedinho bem assim..
Juliano: É, bem leve.. porque você vê, segunda semana já é completamente diferente, não tem aquele enrosco inicial.
Juliana: Eu queria perguntar se além daquele livro lá do Scole, se eles indicam mais alguma coisa para estudar. Alguma coisa que eles acham interessante para a gente…

“Mais?”

(Risos_
Juliano: Tomou um dedo no rabo numa palavra só. Rs.
Juliana: Só queria saber, se tá suficiente, tá ótimo. Rs.
Juliano: Primeiro fora na mesa, a gente nunca esquece. Rs.
Juliana: Não foi fora, só pedi uma confirmação que não tem mais nada. Rs.

“Terminamos. Olívia e Robert”

Símbolos do círculo e infinito.
Juliano: Foi mais rápido hoje, não foi?
Juliana: Sim, foi meia hora.
Juliano: Nossa, cravado meia hora.

Que nenhum constrangimento haja entre nós e vocês

Juliano: “Jonathan”, escreveu Jonathan. É um conhecido nosso.

Juliano: Olá Jonathan, alguém mais assessora você ou rolou umas promoções na quarentena, como tá isso?

Juliano: Montague. Ótimo. Welcome, Mister.

Juliano: Muda a direção e geralmente outra pessoa. Se você ficar de olho fechado vem a imagem de quem vai falar.

Mensagem: “Estou animadíssima com a nossa pequena reunião. Há tempos planejamos esse petit comité. Fico feliz que se dispuseram a tal, haja vista a sintonia que já existe entre vocês em níveis que nem desconfiam. Fiquem tranquilos, pois, até onde sei, não se mataram previamente. É uma bela história de amor e gravitação em que seus espíritos sempre encontraram um no outro o derradeiro refúgio; o restante são tramas encarnatórias típicas da novela da vida. Não se ocupem demais com isso, mas atenham-se ao amor puro que flui entre vocês. O restante a ser pago pode ser parcelado. Beijos com amor, Olívia”

Juliano: Para uma senhora grega, até que você entende de crediário. De filósofa à fila do shopping, à feirinha, toda mulher por mais filósofa que seja gosta de uma feirinha. Risos.

Mensagem: “Ju e Ju, boa noite. Quanto vale a um casal, parceiro de vida, a sintonia espiritual, mental, econômica, profissional, filosófica, etc, etc, etc? Vocês são afortunados, não porque cantam juntos, mas porque juntos podem escrever e entoar uma harmoniosa canção para a vida. Transformar os dias em estrofes, as situações em cifras e os desafios em ponte para o novo. Vivam intensamente esse mágico poder. Um beijo grandão, Emília”

Juliano: Não conheço. Não reconheço a letra, acho que ela veio com você mesmo Juliana: Acho que já assinei algo com esse nome no meu diário espiritual (depois chequei e de fato houve mensagem da Emília em 05/03/2020 no meu diário)

Mensagem: “Greetings, my dear friends. We are all excited about tonight’s meeting. Because of the plans we made. We suggest to keep with and to keep secret about it for a while. Could be nice if Juliana could read the basic guide for our next meeting and so the experiment book. Please dear, Film-maker be also kind with our friends in Spain urgently… Juliano: preciso responder um e-mail do Robert Foye – My Dear Montague, i will do this week, i promise. You asked me before the quarentine) Montague: We have to publish SSF material as soon as possible (Juliano: SSF – spiritual science foundation). Precisely (Juliano: Eu sei que é, estou só explicando a Juliana. Rs) Happy to see you dear friends. Love and light, always.”

Juliano: No meio da sessão começa a ficar firme. Parece que tem uma maozão e fico tremilicando o dedo pra ver ela mexendo Juliana:  É muito lindo!

“Jus (risos – vão sempre tirar onda…), sempre. Que nenhum constrangimento haja entre nós e vocês. Nossa tarefa é linda, assim como o amor de vocês. E também sei o quanto é bom esse tempero pernambucano, pois eu provei em vida. Você bem se lembra do nosso ponto de vista somos todos livres, não propriedade, aí a dificuldade da Pri. Mas é uma guria esperta e há de se reinventar. “Ela já tem um plano”, para não perder a piada de sempre. Fiquem com Deus, e sempre desejem a ela LUZ e PROGRESSO agora e sempre, pois somos todos da mesma família espiritual e o tempo os surpreenderá com as suas peças. Karine.”

“Sintonia”

Juliana: É para a gente entrar em sintonia? Juliano: Sim.. acho que é para fazer starlanguague.. entrar em sintonia. Juliana: A mensagem me desestabilizou um  pouco. Juliano: “Que não haja constrangimento entre nós”, vindo da amiga da Priscila. Foi bem estranho, mas isso é reunião, eles chegam e falam o que tem que falar na lata

Mensagem: “Os sentimentos precisam ser harmonizados pelo ponto de vista elevado, pois é uma tolice ignorar as conexões, sincronicidades vividas, bem como os desafios futuros. Daí a nossa sugestão para realização periódica desde encontro, bem como, sempre que possível, worship morning que tanta energia é capaz de expelir.

Juliana: Queria direcionamentos para me senti mais segura com meu diário espiritual, para saber se não sou eu que estou direcionando as respostas)

Mensagem: Pode lançar perguntas mentais que confirmem pontos específicos da mensagem sem compartilhar com o Pozati e nós confirmamos aqui para você. Pozati way of doubt…

(Juliano: porque eu fazia isso, ia pra reunião, levava o que eu tinha recebido, não falava pra ninguém e pedia para eles confirmarem. Tão tirando sarro)

Mas é sadio, com consistência ao longo do tempo, a confiança virá. Se eu puder dar uma dica, eu diria para focar no exercício da serenidade filosófica diante da vontade e sentir a benção do fluxo do tempo, amigo e parceiro de todas as horas.