Brinquedo de Deus

“No livro de Platão chamado Nomoi (As leis), diz-se o seguinte: “Mas o homem foi feito para ser um brinquedo de Deus, e isso é realmente o melhor que há nele. Assim, pois, cada um, tanto um varão quanto uma mulher, seguindo essa instrução e jogando os mais belos jogos deve viver a vida”. “Deve-se viver brincando e jogando […], fazendo oferendas, cantando e dançando, para poder despertar a graça dos deuses […]”. Rituais de sacrifícios ou de oferendas são originalmente refeições comuns com os deuses. Festas e rituais abrem um acesso ao divino.

(…)

Deveríamos reconhecer que hoje perdemos aquela festividade, aquele tempo de celebração na medida em que absolutizamos trabalho, desempenho e produção.”

HAN, Byung-Chul. Sociedade do Cansaço. Ed. Vozes, 2022, Local 915.

Anexos: Tempo de celebração-a festa numa época sem celebração