Fotografia digital

“A produtibilidade total é também a essência da fotografia digital. A fotografia analógica dá fé ao observador do ser do que há. Certifica a facticidade do “foi-assim”61. Ela nos mostra o que há de fato. Foi-assim ou isso-existe-também é a verdade da fotografia. A fotografia digital destrói a facticidade como verdade. Ela produz uma realidade que não existe ao eliminar a realidade como referente.

Não se explica o mundo só com um monte de informações. Após certa quantidade, elas até mesmo ofuscam o mundo. Ao nos depararmos com uma informação, temos sempre a suspeita de que a informação poderia ser outra. Ela vem acompanhada de uma desconfiança fundamental. Quanto mais informações diferentes são confrontadas, mais forte fica essa desconfiança. Na sociedade da informação, perdemos a confiança fundamental. É uma sociedade da desconfiança.”

HAN, Byung-Chul. Infocracia: Digitalização e a crise da democracia. Ed. Vozes, 2022, Local 820-825.

A crise da verdade