Contemplação dos opostos

Através desse exercício, seu espírito é purgado de toda sentimentalidade e ressentimento, infantis e inadequados, e sua mente é aberta à presença inescrutável, que existe não primariamente como “boa”ou “má” com relação à sua infantil conveniência humana, seu bem-estar e a sua aflição, mas sim como lei e imagem da natureza do ser.

Campbell, Joseph. O herói de mil faces. Pensamento, São Paulo, 2007, p. 116.

Fixações

Essas fixações, representam uma impotência em abandonar o ego infantil, com sua esfera de relacionamentos e ideais emocionais. Estamos aprisionados pelos muros da infância; o pai e a mãe são guardiões das vias de acesso, e a atemorizada alma, temendo alguma punição, não consegue passar pela porta e alcançar o nascimento no mundo exterior.

Campbell, Joseph. O herói de mil faces. Pensamento, São Paulo, 2007, p. 69.