Para que filosofia?

“Ora, muitos fazem uma outra pergunta:“Afinal, para que filosofia?”. É uma pergunta interessante. Não vemos nem ouvimos niguém perguntar, por exemplo, Para que matemática ou física?“,Para que geografia ou geologia?”, “Para que história ou sociologia?”, “Para que biologia ou psicologia?”,“Para que astronomia ou química?”, “Para que pintura, literatura, música ou dança?”. Mas todo mundo acha muito natural perguntar Para que filosofia?”. 

Em geral, essa pergunta costuma receber uma resposta irônica, conhecida dos estudan­tes de filosofia: “A filosofia é uma ciência com a qual e sem a qual o mundo permanece tal e qual”.

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. 14º Edição. São Paulo: Editora Ática. 2020, pág. 22.

Introdução: Para que filosofia?

Para que filosofia?

Aula Magna

Atitude filosófica

“O que está por trás de tais perguntas? O fato de que estamos mudando de atitude. Quando o que era objeto de crença aparece como algo contradiório ou problemático e por isso se transforma em indagação ou interrogação, estamos passando da atitude costumeira à atitude filosófica.”

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. 14º Edição. São Paulo: Editora Ática. 2020, pág. 20.

Introdução: Para que filosofia?

Momentos de crise

Aula Magna