Uno

As personagens simbólicas que comparecem essas histórias correspondem importância – e não raro em características e façanhas – às personagens das iconografias mais sofisticadas, e o mundo maravilhoso em que se movem é precisamente o mundo das grandes revelações: O mundo e a época que se encontra entre o sono profundo e a consciência desperta, a zona em que o Uno se torna o múltiplo e os muitos se reconciliam com o Uno.

Campbell, Joseph. O herói de mil faces. Pensamento, São Paulo, 2007, p. 285.

O mito da Criação do Genesis

Ele representa uma das formas básicas de simbolização do mistério da criação: a transmissão da eternidade ao tempo, a transformação  do um no dois e depois no muitos, assim como a geração da nova vida por meio da recombinação do dis.

Campbell, Joseph. O herói de mil faces. Pensamento, São Paulo, 2007, p. 147.