Queixas individuais e interesses compartilhados

“O problema é, porém, que essa convergência e condensação das queixas individuais em interesses compartilhados, e depois em ação conjunta, é uma tarefa assustadora, dado que as aflições mais comuns dos “indivíduos por fatalidade” nos dias de hoje são não-aditivas, não podem ser “somadas” numa “causa comum”.”

BAUMAN, Zygmunt.Modernidade líquida, Ed. Zahar, Local: 660.

Capítulo 1 | Emancipação

O indivíduo em combate com o cidadão