As primeiras menções aos jogos de cartas na Europa

“Até o final do século XIV, as cartas de jogo não são mencionadas em nenhum texto de escritor, trovador ou moralista que descrevesse a vida cotidiana nos castelos, nas casas de burgueses ou nas tabernas, tampouco são referidas por algum pregador que invecti- vasse contra os vícios dos jogos.”

NADOLNY, Isabelle. História do Tarô. Um estudo completo sobre suas origens, iconografia e simbolismo. Ed. Pensamento, 2022, pág. 27.