Dilema entre vita contemplativa e vita activa

“O dilema entre vita contemplativa e vita activa se resume a uma escolha entre duas perspectivas igualmente pouco atraentes. Quanto mais os valores preservados no pensamento forem protegidos da poluição, menos significativos serão para a vida daqueles a quem devem servir. Quanto maiores seus efeitos nessa vida, menos essa vida reformada fará lembrar os valores que induziram e inspiraram a reforma.”

BAUMAN, Zygmunt.Modernidade líquida, Ed. Zahar, Local: 822.

Capítulo 1 | Emancipação

A teoria crítica revisitada