Carta de suporte

Meus queridos amigos, filhos do coração,

Eu escrevo essa breve carta para lembrá-los de que todos somos livres nos caminhos ascensionais que resolvemos trilhar, e não obstante aos planos da espiritualidade maior, das esferas mais elevadas, ainda assim, encontramos pela frente diversos obstáculos que hão de escalonar-se na mesma medida em que cresce a relevância do nosso trabalho e a luz que emana de nossa escola.

Nós não passaremos irrelevantes ou imperceptíveis, e isto por si só é razão para despertar a fúria de forças hábeis mas ainda ignorantes das verdades maiores.

Lembrem-se que todo inverno iniciático é precedido por esse tipo de aparente chateação. contudo, não olvideis os vossos olhos de contemplar mais amplos horizontes nas linhas da Infinita Sabedoria que em tudo sempre nos socorreu. O Alto é por nós! E coisa alguma há de nos reduzir ou roubar o lugar que nos cabe.

Vamos em frente e com coragem!

G. Uchôa

Está tudo bem chorar pelas desavenças e aliviar o coração diante da aspereza com que os contrastes da vida se apresentam, por vezes até revestidos de falácias e calúnias dolorosas.

Está tudo bem!

Está ainda melhor colher da dificuldade o seu fruto e renovar o sentir que nos coloca em sintonia. Fizeram isso aos que te precederam. Farão isso aos que te sucederem. Trabalhador algum fica sem a justa medida dos seus pagamentos em dia. Nosso patrão é justo e bom. Confie menino!

Olívia

 

Raios vitais = Raios Ectoplásmicos

“O estudo da mediunidade repousa nos alicerces da mente com o seu prodigioso campo de radiações. A ciência dos raios imprimirá, em breve, grande renovação aos setores culturais do mundo. Aguardemos o porvir.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 19-26.

O futuro pertence ao espírito!

Os laboratórios são templos em que a inteligência é concitada ao serviço de Deus, e, ainda mesmo quando a cerebração se perverte, transitoriamente subornada pela hegemonia política, geradora de guerras, o progresso da ciência, como conquista divina, permanece na exaltação do bem, rumo ao glorioso por vir. 

O futuro pertence ao espírito!

Prefácio de Emmanuel. Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 7-10.

Sobre os ciclos do Círculo

Estava eu em meio a observação do flipchart com “n” ideias quando Olívia se aproximou e disse:

Ciclos menores sempre são parte de ciclos maiores, assim como a jornada de um é a jornada da sociedade humana. Entenda os ciclos menores e antecipe a sequência dos ciclos maiores. Eis o segredo do nosso planejamento!

Olívia

 

Século de Transição

Uma verdadeira renascença das filosofias e das ciências se verificará no transcurso destes anos, a fim de que o século XX seja devidamente esclarecido, como elemento de ligação entre a civilização em vias de desaparecer e a civilização do futuro, (…)

Xavier, Francisco Cândido / Humberto de Campos. Brasil: Coração do Mundo, Pátria do Evangelho. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1938, p. 126.