O Julgamento

Sobre o Julgamento

(…) estamos diante do Juízo Final bíblico, cujas representações são numerosas desde a ldade Média.(…) no céu, um anjo toca uma trombeta, e na terra, os mortos se levantam do túmulo. (…) Em contrapartida, nos tarôs omitiu-se o Cristo, e os dois anjos que costumavam aparecer à sua esquerda e à sua direita foram substituídos por um único anjo central(…) os mortos saem nus de seus túmulos. Essa ilustração provém dos textos dos Padres da Igreja.

(…) XX do Apocalipse (XX, 12-15): “Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de logo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo”. E justamente dessa cena que se trata na carta do taro: pode-se notar que ela é chamada de “Julgamento”, e não de “Ressurreição”: “E foram julga dos, um por um, segundo as suas obras.

Significados

(…) proteção pelas forças divinas, renascimento moral, mudança de situação, mudança de posição.

Inspiração, sopro redentor.

Entusiasmo, exaltação anímica, espiritualidade. Profetismo, santidade teurgia, medicina milagrosa. Ressurreição do passado, renovação, nascimento. Propaganda. apostolado.

 Êxtase espiritual, embriaguez mental, iluminismo.

O homem, despertado de seu sono na matéria por sua parte divina, que o obriga a examinar sua alma em sua nudez e a julgá-la.

Comparação e avaliação do ser humano por seu próprio intelecto.

O apelo do homem a um estado superior, suas tendências e seus desejos de elevação.

Trabalho de biblioteca , de compilação, de classificação. Estabilidade em um bom ou mau negócio.

NADOLNY, Isabelle. História do TarôUm estudo completo sobre suas origens, iconografia e simbolismo. Ed. Pensamento, 2022, pág. 262-264.