Possessão – Aperfeiçoamento de individualidades

Se não vai melhorar de vez, pra que buscar o tratamento espiritual?

“Aqui recolherá forças para refazer-se, assim como uma planta raquítica encontra estímulo para sua restauração no adubo que lhe oferece. Dia a dia, ao contato de amigos orientados pelo Evangelho, ele e o desafeto incorporarão abençoados valores em matéria de compreensão e serviço, modificando gradativamente o campo de elaboração das forças mentais.

“Sobrevirá, então, um aperfeiçoamento de individualidades, afim de que a fonte mediúnica surja, mais tarde, tão cristalina quanto desejamos. Salutares e renovadores pensamentos assimilados pela dupla de sofredores em foco expressam melhoria e recuperação para ambos, por que, na imantação recíproca em que se vêm, as ideias de um reagem sobre o outro, determinando alterações radicais.

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 74-83.

 

Possessão – Corpo perispirítico lesado

Presentemente, melhorou. Qual ocorre muitos processos semelhantes, os encontros de ambos são agora mais espaçados, dando azo ao fenômeno que observamos, em razão de o rapaz ainda trazer o corpo perispirítico provisoriamente lesado em centros importantes.”

“As frases da venerável amiga libertavam jatos de força luminescentes a lhe saltarem das mãos e a envolverem sensações de alívio os participantes do conflito.

Vimos que o perseguidor, qual se houvesse aspirado alguma substância anestesiante, se desprendeu automaticamente da vítima, que repousou enfim, num sono profundo e reparador.

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 74-83.

Possessão completa ou a epilepsia essencial

“Considerado como enfermo terrestre, está no momento sem recursos de ligação com o cérebro carnal. Todas as células do córtex sofrem o bombardeio de emissões magnéticas de natureza tóxica. Os centros motores estão desorganizados. Todo o cerebelo está empastado de fluídos deletérios.”

“Presenciamos um ataque epilético, segundo a definição da medicina terrestre; entretanto, somos constrangidos a identificá-lo como um transe mediúnico de baixo teor, porquanto verificamos aqui a associação de duas mentes desequilibradas, que se prendem as teias do ódio recíproco.”

” E, fixando o par de infelizes em contorções, acrescentou: 

Nessa aflitiva situação achava-se Pedro nas regiões inferiores, antes da presente reencarnação que ele constitui uma benção. Por muitos anos, ele e o adversário rolaram nas zonas purgatoriais, em franco duelo.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 74-83.

 

Possessão

“Atendendo às recomendações do supervisor, os guardas admitiram a passagem de uma entidade evidentemente aloucada, que atravessou, de chofre, as linhas vibratórias de contenção, vociferando frenética”

“Parecia ter a visão centralizada no doente, porque nada mais fixava além dele. Alcançando nosso irmão encarnado, este, de súbito, desfecha um grito agudo e cai desamparado”

“Fitando companheiro encarnado mais detidamente, concluí que o ataque epilético, com toda a sua sintomatologia clássica, surgia claramente reconhecível.”

“(…) O córtex cerebral apresentava-se envolvido de escura massa fluídica. Reconhecíamos no moço incapacidade de qualquer domínio sobre si mesmo.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 74-83.