As Bases e Estruturas Deixadas Na Humanidade

“(…)Estes ensinamentos registrados desses filósofos mostram claramente que as revelações das grandes verdades da vida vinham não só de uma fonte divina, através de mensagens e visões, inspirações e impulsos especiais, mas que as verdades assim reveladas e apresentadas à Humanidade eram progressivas, como degraus que conduzem para frente e para cima, para planos mais altos de existência e de compreensão consciente. Cada um desses avatares parecia lançar uma base e depois construir sobre ela uma estrutura que se erguia para elevar a consciência da Humanidade a um ponto ou plano de onde não poderia subir mais alto naquele ciclo do desenvolvimento da civilização e do progresso espiritual na terra.

Então, após longo período de silêncio, outro avatar surgia e conduzia o desenvolvimento a outro plano mais alto.(…)”

LEWIS, H. Spencer. As Doutrinas Secretas de Jesus. Rio de Janeiro: Biblioteca Rosacruz, V. II, Ed. Renes, 1983, p. 63.

Descompasso Humano

“Achei-me então como que empolgado por aquelas aberturas de pensamento, que assim me conduziam a uma perspectiva demasiado ampla para a expansão da consciência Complementou ainda Comt. Yusef:

“Não temos dúvida de que o humano já deu sensíveis e mui expressivos passos no campo científico. Em todas as oportunidades, porém, todos nós damos ênfase às tristes limitações em que se encerram, no que tange à densidade de sua vida emocional tão plena de deformações, angústias, ambições nada compatíveis com tal descortínio já tão amplo no campo do saber. Por isso, a nossa palavra aqui ainda é a do nosso Comt, nosso Chefe, quando afirma o ilusório desse progredir, sem a vivência do Universal, do Divino, que mora em toda a vida, da densidade da matéria do mundo de vocês, à alma, à essência do Espírito das Potestades Criadoras! Esse evoluir da mente científica separada da vista Cósmica abrangente, que vê Uno na multiplicidade infinita da forma e a síntese de todas elas e da vida revelam, naquele Uno, razão de todo existir, esse evoluir separado é falso, fugidio, conducente a dores, sofrimentos, a Ocasos Prematuros, que mal deixam vislumbrar a Alegria, a Beleza das Alvoradas!… O Mestre YASHAMIL, disse a você o que a vou repetir, encerrando minhas palavras: “Os caminhos das humanidades não são inexoravelmente de sofrimento, lutos e crimes. Novos rumos podem ser tomados em caminhos límpidos, plenos de compreensão, verdadeiro culto da Sabedoria, na plenificação do AMOR entre os seres”. Esta esperança deixo-a aqui em saudação a vocês, humanos!…”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág.136-137.

Poder Transcendental

“Essa perda é o esquecimento intrínseco de satisfações egoísticas, visando à dedicação ao trabalho amplo, inegoístico, transcendentalmente pleno de altruísmo, da criatura em marcha, em bem do progresso coletivo – da sociedade em que vive, da nação, ou da raça, da humanidade a a que pertence!… Isso porém, esse sentido de expansão ainda pode ampliar-se e se amplia até outras humanidades ou mundos, em que o ser não tem plantado os os próprios pés!… Esse caso se dá, quando, pela sua própria capacidade de expressar-se em amor, em sabedoria e em poder, o ser já realizado de uma evolução pretérita maior se sente impulsionado a cumprir missões bem mais amplas de interesse de outras humanidades ou mundos em marcha, tendo a seu serviço um profundo conhecimento do sistema em que vive e já certo de que a ciência que possui lhe oferece um conhecimento superior do Universo, em que todos têm o seu próprio destino, Reconhecerá seu PODER, a sua CAPACIDADE TÉCNICA, OBJETIVA, DE SERVIR com proveito a outros irmãos participes do IMENSO PROCESSO DE EVOLUÇÃO DIVINA EM BUSCA DE UMA REALIDADE MAIOR!”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 111.

Próximo Passo da Pesquisa

“Para que o humano consiga esse conhecimento e seja capaz de aplicá-lo, a primeira necessidade, a condição mater é desenvolver certas qualidades perceptivas de nível mais alto, que já está provado possuir, tornando-as de emprego normal na própria pesquisa. Seriam as faculdades que vocês chamam parapsicológicas, em uso pleno, acompanhadas da correspondente expansão consciencial, condição capaz de orientar um critério novo no FAZER. É bem evidente que, nesse campo, o humano ainda está demasiado atrasado, pois julga só poder trabalhar no meio e no veículo densos em que se encontra. Aparelhos como esses que você vê, não podem ser feitos ou manipulados pelas mãos densas do corpo físico, humano. (…)”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 109.

Sondas Luminosas e Arquivos

“(…) Aqui vem ter o que é captado por aquelas sondas luminosas que têm, tantas vezes, visto em torno de vocês. Por um processo altamente especializado, da tela as imagens fotográficas, como também as formas mentais de colorido vário captadas, vão fixar-se em laminas finíssimas de matéria própria para esse fim, as quais constituirão nossos arquivos desta natureza. Isso se dá por uma convergência de raios de vários níveis energéticos, característicos das respectivas captações incidindo sobre as lâminas referidas. Assim é que poderemos dispor, a qualquer momento, de seguros informes sobre aqueles de vocês que por qualquer motivo, cheguem anos Interessar. Como dissemos, muitos de vocês já viram objetivamente as mencionadas sondas luminosas, mas, normalmente, são elas invisíveis ao olhar humano comum.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 92.

Realização de Poucos

“Isso, contudo, não é uma palavra de preferência injusta. Antes corresponde ao próprio cumprimento da Lei, que o evolver da civilização vem indicando, quando mostra que sempre as vanguardas promotoras ou realizadoras do “novo” se constituem de minoria ou minorias, face a maiorias agressivas e implacáveis, reagindo no enquistamento de suas posições.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 87.

Nível de Pesquisa Esotérico-espiritual

“E óbvio que jamais se poderá afirmar, ser fácil reunir condições próprias para esse fim, particularmente se se pensar em termos de grupo, pois o desenvolvimento pessoal à base de dedicação à causa, em princípio, só levará à condição de pesquisa em tão elevado estágio, a pessoa dotada de sensibilidade supranormal bem definida, passível de, mediante algumas práticas adequadas, realizar estados e percepção superior, mantida a condição de pleniconsciência, sem a qual não se constituiria ela própria em um investigador. Dotado das qualidades perceptivas, mas sem conservar a pleniconsciência, e sem a possibilidade de expandi-la, poderá constituir-se em um instrumento de pesquisa no âmbito parapsicológico avançado, como aliás já definimos, porém não alcançará o nível esotérico-espiritual de que tratamos.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 48.

Estados Mais Sutis

“(…)Dissemos que, dessa forma, o hábito da utilização de tais instrumentos, sentidos mais perfeitos, permitiria perceber uma realidade mais sutil velada pelas limitações dos cinco sentidos normais ao ser humano e levaria, a experiência o demonstra, a uma correspondente expansão da consciência, benéfica para a apreensão e consequente juízo, em nível mais alto, sobre o jogo de ações e reações que se passam nos planos energéticos e de matéria em estados mais sutis, ainda não acessíveis ao instrumental de pesquisa disponível pela ciência clássica, acadêmico -universitária, atual.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 47-48.

A Busca ao Conhecimento Esotérico

“Face ao que vem sendo exposto, nada há de anticientífico em afirmar-se que o homem, conseguindo o exercício pleno dessas faculdades, que lhe dêem uma percepção mais profunda e ao mesmo tempo mais sutil da realidade ambiente, possa construir um conhecimento mais perfeito, isto é, uma ciência mais avançada. Sabe-se que é possível, mediante dedicado treinamento, certas pessoas atingirem a esse nível de percepção, bem superior às percepções comuns do homem vulgar. Constituem uma ínfima minoria, pois, além de disposições orgânicas natas, resultando em facilidades de abertura a essas percepções ainda não bastante estudadas, faz-se necessário um elan particular de estimulo, de ideal, para esse desenvolvimento, exigindo espírito de sacrifício e amor à busca desse tipo superior de conhecimento ainda esotérico.

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 27.

Consciência Humana em expansão

Se, até agora, a Ciência tem sido conduzida pela experiência externa e pela razão, d’ora em diante, além desse processo, há que progredir e completar-se pela experiência interna, decorrente de percepções superiores, evidenciadas em níveis mais profundos do próprio ser, em cuja interioridade se encontra a consciência humana em contínuo enriquecimento e expansão.” – Y. A

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 17.