Emoções na Infância

“Até os sete anos, como acontece a quase todos os meninos na vida material, predominavam em Jesus os ascendentes biológicos herdados dos seus genitores. Em tal época, ele ainda agia impelido pela instinto hereditário de ancestralidade carnal, enquanto o seu espírito despertava, pouco a pouco, na carne, para então comandar o corpo emocional ou astralino, revelador oculto das emoções humanas.

(…)

Ao completar sete anos, os seus familiares ficaram apreensivos com ele, em face da estranha melancolia que o acometera, pois algo se revelara dentro dele e lhe roubava a plenitude comum de alegria. No entanto, era o período em que o corpo astralino se ajustava ao organismo físico e se consolidava junto do duplo etérico constituído pelo éter físico da Terra.

Dali por diante, como acontece com todas as crianças depois dos sete anos, Jesus passava a contar com o seu “veículo emocional”, e que o faria vibrar com mais intensidade no cenário do mundo e na responsabilidade na carne.”

RAMATÍS. O Sublime Peregrino. Obra psicografada por Hercílio Maes. São Paulo: Ed. Conhecimento, 2020, pág. 132-133.

A Constância é Mais Importante que a Intensidade

Diário Espiritual de 08 de janeiro de 2019

“Jesus é nosso Senhor! Não pela força, mas pelo serviço! Por sua capacidade infinita de amar profundamente a criatura humana e, cheio de ternura e paciência, provocar em nós o despertar de nosso pleno potencial. Não tenho dúvida, por tudo o que já testemunhei, que ele é mestre entre os mestres! Sua autoridade na hierarquia celestial vem do testemunho de seu amor infinitamente abnegado!

Que ele nos inspire, meu irmão, filho e parceiro! Que seja seu exemplo a provocar em nós o que havemos de ser, por mérito e esforço próprio!

A constância na jornada de mil léguas é mais importante que a intensidade. Use a Lei do Ritmo e Vibração em seu favor, para dormir melhor. E se a mente não se acalmar, pense no TODO, contempla a sua beleza, pulse de acordo com o seu divino coração.

Avancemos nos lídes! Organizemos as demandas e nos coloquemos no caminho da realização, que é o nosso propósito e missão!

Em Cristo, sempre avante!”

General Uchôa

Cada Passo Dado no Caminho

Sobre a importância da perseverança diária em contato com o “sol”da espiritualidade. Na vida de oração, a perseverança é mais importante que a intensidade.

Para tornar a madeira curva os artesãos a umedecem e pouco a pouco, um pouco por dia, moldam com força moderada sua estrutura. Assim é com os seres humanos. Um único golpe, intenso, quebraria a madeira e não a moldaria no formato desejado. Tal qual a umidade amolece as fibras da madeira tornando-as flexíveis e moldáveis, os ventos luminosos do alto preparam a fibra do espírito humano para ser de fato o que ele foi criado para ser.

Quando se tem claro o objetivo a ser alcançado, cada passo dado no caminho é mais firme e seguro, ainda que mil passos sejam necessários para vencer a jornada.

General