A Importância dos Estudos Parapsicológicos

Tudo se resume ao domínio do relacionamento preciso, científico e, a seguir, técnico, operante, entre espaço e hiperespaço. Você já transmitiu, em decorrência de seus próprios estudos chamados parapsicológicos, suas observações durante todo o tempo de dedicação a pesquisa que acabou nos sensibilizando e mais, e principalmente pela intuição que em você já é uma faculdade realmente em sensível desenvolvimento. Você já tem expressado pela palavra ou pela escrita, acentuamos, algo de grande importância sobre esse relacionamento espaço-hiperespaço. Aqui, iremos aprofundar bem mais o assunto até uma possível compreensão para vocês dos nossos fantásticos deslocamentos.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 134.

Viagem à Outros Mundos pela Percepção

Por que os seres, nesses veículos sutis, que lhes são próprios, não se deslocariam à vontade no plano em que se encontram? E mesmo, o que me acontece, quando repentinamente me sinto naquela Superbase ou em uma nave, sem precisar de qualquer aparelho? Como se explicaria tudo isso?

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 120.

Níveis Avançados do Veículo Hiperfísico

“Isso decorre do que expliquei sobre essa condição física da matéria planetária! Por outro lado, acontece que são seres que já se realizaram em estados conscienciais superiores, dispondo de sentidos muito aperfeiçoados no seu viver comum, permitindo lhes perceber formas e seres de vários níveis etéricos. Isso, em verdade, é comum a todos nós das 21 humanidades planetárias do nosso sistema. Aliás, esses que você observa ainda se encontram em uma das fases menos avançadas da nossa evolução. Apenas em 3 (três) dos 21 (vinte e um) planetas, o veiculo físico é assim denso, Nos demais, o veiculo é hiperfísico, isto é, dos níveis superiores da matéria física, ainda não conhecidos por vocês. Esse é exatamente o caso do nosso mundo, em que todos já nos libertamos da densidade física, objetiva, nos termos em que vocês conceituam.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág.118.

Velocidades que Espantam aos Humanos

“(…)Reconhecemos que certas condições, repetimos, devem ser realizadas pelo homem para essas experiências e que, só uma muito pequena minoria se predisporia a tal. Não importa! Felizmente nesse campo não poderá haver realizações prematuras, de tal forma a se tornarem perigosas. Há um cuidado especial em torno disso para o bem de vocês, humanos.”

Cumpre porém, aqui, ressaltar que o que acabamos de dizer sobre as nossas naves, sua constituição material e as energias utilizadas, tudo de âmbito hiperespacial, não se aplica necessariamente a qualquer nave extraterráquea. Devemos dizer que, no âmbito solar , próprio sistema de vocês realizam-se  técnicas próprias  de uma ciência maior do que a de vocês, mas ainda adstrita ao espaço. Conseguem se naves extraordinariamente aperfeiçoadas, de muito leve material, de inaudita resistência, utilizando-se o eletromagnetismo supercontrolado, já bem conhecido seu relacionamento com a gravitação, entre cujos campos já conseguiram mútuas transformações e fluxos energéticos próprios à propulsão. Além disso, outros conhecimentos relativos à evidência e controle da pressão cósmica, chegando-se até ao vácuo cósmico, segundo critérios ainda espaciais, facilitaram e permitiram deslocamentos com velocidades que espantam aos humanos.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 110.

Próximo Passo da Pesquisa

“Para que o humano consiga esse conhecimento e seja capaz de aplicá-lo, a primeira necessidade, a condição mater é desenvolver certas qualidades perceptivas de nível mais alto, que já está provado possuir, tornando-as de emprego normal na própria pesquisa. Seriam as faculdades que vocês chamam parapsicológicas, em uso pleno, acompanhadas da correspondente expansão consciencial, condição capaz de orientar um critério novo no FAZER. É bem evidente que, nesse campo, o humano ainda está demasiado atrasado, pois julga só poder trabalhar no meio e no veículo densos em que se encontra. Aparelhos como esses que você vê, não podem ser feitos ou manipulados pelas mãos densas do corpo físico, humano. (…)”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 109.

Novo Homem, Novas Percepções, Nova Ciência

“(…) com a utilização de novas faculdades, já em via de expressão atuante, esses novos sentidos utilizados como instrumentos do conhecimento, firmar-se-ia um novo e mais amplo contexto científico, em que uma ciência bem mais avançada – a que chamamos esotérico-espiritual – apresentará meios e critérios seguros para estudar, analisar, conceituar e compreender o que vimos chamando HIPERESPAÇO e HIPERTEMPO.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 87.

A Influência Parapsicológica

Outros sentidos poderiam advir, e a parapsicologia já os começa a indicar na criatura humana, podendo então o homem, quando os tiver desenvolvidos e operantes, perceber outra ou outras dimensões daquela mesma anterior realidade. Estas até então não percebidas, não elaboradas no seu psiquismo. Sobreviria ou sobrevirá segura mente uma concepção mais ampla e abrangente do universo em que vive.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 87.

Novas Realidades no Processo Evolutivo

“(…) Agora, assumindo a veracidade da teoria da evolução, abrem-se as perspectivas futuras que ela nos aponta e podemos, em plena lógica, afirmar a hipótese de que o homem, no seu próprio processo evolutivo, vá desenvolvendo estruturas de sensibilidade e percepção capazes de lhe revelar aspectos da realidade que lhe eram antes velados.

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 87.

Uma Perspectiva

“Ora, podemos afirmar que a observação é uma decorrência do exercício natural da faculdade de percepção, que no homem se fundamenta na utilização dos seus cinco sentidos. Se abordarmos, porém, o problema da percepção sob uma perspectiva evolutiva, o que iremos verificar poderá nos auxiliar, a compreender porque as concepções da realidade estão condicionadas às características específicas do estado evolutivo do ser que percebe.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 86.

Hierarquias Superiores e Deslocamentos

“Além disso, muito antes de seu desenvolvimento atual, já havia ele pressentido e intuído, tantas e tantas vezes, aquilo que posteriormente viemos a confirmar, isto é, que o nosso trabalho estaria ligado a seres de hierarquias superiores, os quais seriam absolutamente afinizados em relação a todo esse conhecimento, inclusive a essa capacidade de deslocamento em termos cósmicos, isto é, que eles teriam também essa capacidade de o realizar, como nós realizamos, dominando assim os espaços galáxicos como nós o dominamos, outrossim, em termos de percepções e projeções mentais.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 81.