Demonização dos Judeus

“E José de Arimatéia e Nicodemos declararam o que viram e ouviram para Pilatos que pessoalmente, segundo o autor, escreveu todas as coisas que foram feitas e ditas a respeito de Jesus pelos judeus e guardou os escritos em livros públicos em seu pretório. Novamente demonização dos judeus e casamento entre império romano e a igreja do início da Idade Média.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 1146.

O Sonho da Esposa de Pilatos

“A narrativa do Evangelho de Mateus, escrito entre 70 d.C. e 115 d.C. é séculos anterior à do Evangelho de Nicodemos, escrito provavelmente no século IV d.C., portanto o autor pode facilmente ter adicionado ao seu relato da Paixão de Cristo o sonho da esposa de Pilatos, dentre outros episódios, eventos que ocorreram que
completam o enredo da Paixão de Cristo, para legitimar o seu evangelho.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 998.

Falsas Histórias dos Judeus

“Pôncio Pilatos até Cláudio, saudação. Recentemente, houve um assunto que eu mesmo trouxe à luz: Pois os judeus, por inveja, puniram a si mesmos e a sua posteridade com julgamentos temerosos de sua própria culpa; pois enquanto seus pais tinham promessas que seu Deus os enviaria do céu, seu santo que deveria ser chamado rei deles, e prometera que o enviaria sobre a terra por uma virgem; ele, então, veio quando eu era governador da Judéia, e eles o viram iluminando os cegos, limpando os leprosos, curando os paralisados, expulsando demônios dos homens, ressuscitando os mortos, repreendendo os ventos, caminhando seco sobre as ondas do mar e fazendo muitas outras maravilhas, e todo o povo dos judeus o chamando de Filho de Deus: Os principais sacerdotes, pois, com inveja contra ele, o tomaram e o entregaram a mim. E apresentaram contra ele falsas acusações uma após a outra, dizendo que ele era um feiticeiro e fazia coisas contrárias à lei deles. Mas eu, acreditando que isso era verdade, tendo-o açoitado, entreguei-o à vontade deles; e crucificaram-no; e quando ele
foi sepultado, puseram-lhe guardas. Mas enquanto meus soldados o observavam, ele ressuscitou no terceiro dia; no entanto, tanta malícia dos judeus se acendeu que eles deram dinheiro aos soldados, dizendo: Dizei que seus discípulos roubaram seu corpo. Mas eles, apesar de terem recebido o dinheiro, não foram capazes de manter o silêncio sobre o que havia acontecido, pois também testemunharam que o viram erguer-se do sepulcro e que receberam dinheiro dos judeus. E essas coisas eu vos relatei por essa causa, para que outras pessoas, mentindo, não fossem até vós, pois vós não deveriam considerar correto acreditar nas falsas histórias dos judeus.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 907.

José; Abra os Teus Olhos e Vê Quem é Que Fala Contigo

“E José disse: No dia da preparação, por volta da décima hora, você me prendeu, e eu continuei ali o sábado inteiro. E à meia-noite, enquanto eu me levantava e orava, a casa em que você me prendeu foi levada pelosquatro cantos, e eu vi como um lampejo de luz nos meus olhos, e, cheio de medo, caí por terra. E alguém me pegou pela mão e me tirou do lugar em que eu havia caído; e a umidade da água foi derramada sobre mim da cabeça aos pés, e um cheiro de ungüento surgiu em minhas narinas. E ele enxugou meu rosto, me beijou e me
disse: Não temas, José; abra os teus olhos e vê quem é que fala contigo. E olhei para cima e vi Jesus e eu tremia, e supus que fosse um espírito; e eu disse os mandamentos: e ele os disse comigo. E como não ignorais que um
espírito, se encontra alguém e ouve os mandamentos, imediatamente foge. E quando percebi que ele os havia recitado comigo, perguntei-lhe: Rabi Elias? E ele me disse: eu não sou Elias. E eu lhe disse: Quem és, Senhor? E ele me disse: Eusou Jesus, cujo corpo você pediu a Pilatos, e me vestiu com roupas limpas e cobriu meu rosto com um guardanapo. Deitou-me em sua nova caverna e rolou uma grande pedra sobre a porta da caverna. E eu disse a ele que falava comigo: Mostra-me o lugar onde eu te deitei. E ele me trouxe e me mostrou o lugar onde
eu o deitei, e o pano de linho estava nele, e o guardanapo que estava em seu rosto. E eu sabia que era Jesus. E ele me pegou pela mão e me pôs no meio da minha casa, fechando as portas, e me deitou na minha cama e me disse:
Paz seja contigo. E ele me beijou e me disse: Até quarenta dias terem se passado não saias de tua casa; pois eis que vou a meus irmãos na Galiléia.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 531.

Um Anjo Desceu do Céu

“veio uma parte da guarda que os judeus haviam pedido a Pilatos para guardar o sepulcro de Jesus, a fim de evitar que seus discípulos viessem e o roubassem. E eles falaram e declararam aos governantes da sinagoga e aos sacerdotes e levitas o que havia acontecido: Como houve um grande terremoto, e eles haviam visto um anjo descer do céu, e ele rolou a pedra da boca da caverna, e sentou-se sobre ela. E ele brilhava como neve e como relâmpago, e estávamos com muito medo e deitados como homens mortos.”

(…)

“E ouvimos a voz do anjo falando com as mulheres que esperavam no sepulcro, dizendo: Não temas, porque sei que procurais a Jesus que foi crucificado. Ele não está aqui: ele ressuscitou, como ele disse. Venha, veja o lugar onde o Senhor jazia e vá rapidamente e diga a seus discípulos que ele ressuscitou dos mortos e está na Galiléia.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 427-430.

José de Arimatéia e o Sepulcro de Jesus

“Mas um certo homem chamado José, sendo conselheiro, da cidade de Arimatéia, que também procurou o reino de Deus, esse homem foi a Pilatos e implorou pelo corpo de Jesus. E ele o pegou, embrulhou-o em um pano de linho limpo e colocou-o em um sepulcro talhado, onde nunca havia sido posto homem.”

(…)

“Mas todos eles se esconderam, e só Nicodemos foi visto, pois ele era um governante dos judeus.”

(…)

“Da mesma forma, José também apareceu e disse-lhes: Por que é que vocês estão irritados comigo, porque eu implorei o corpo de Jesus? Eis que e o coloquei na minha nova tumba, enrolando-a em linho limpo, e rolei uma pedra sobre a porta da caverna. E não lideis bem com o justo, pois não se arrependeu quando o crucificaram, mas também o perfuraram com uma lança.”

(…)

“Mas os judeus se apoderaram de José e ordenaram que ele fosse posto em salvaguarda até o primeiro dia da semana; e disseram-lhe: Sabe que o tempo não nos permite fazer nada contra ti, porque o sábado amanhece; para que não obtenhas enterro, mas daremos a tua carne às aves do céu.”

(…)

“(…) agarraram José e o tomaram e o trancaram em uma casa onde não havia janela, e guardas foram postos à porta; e selaram a porta do lugar onde José foi encerrado.”

(….)

“E toda a multidão levantou-se cedo e tomou conselho na sinagoga para decidirem com que morte eles deveriam matá-lo. E, quando o conselho foi estabelecido, ordenaram que ele fosse trazido com grande desonra. E quando
eles abriram a porta, não o encontraram. E todo o povo ficou fora de si e maravilhado, porque encontraram os cadeados fechados, e Caifás tinha a chave.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 395-419.

Houve Um Eclipse do Sol

“Mas o centurião relatou ao governador as coisas que haviam acontecido; e quando o governador e sua esposa ouviram, ficaram muito aborrecidos e não comeram nem beberam naquele dia. E Pilatos chamou os judeus e disse-lhes: Vistes o que aconteceu? Mas eles disseram: houve um eclipse do sol do tipo que estamos acostumados.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 391.

A Tua Nação te Condenou Como Rei

“Então Pilatos ordenou que o véu fosse puxado para o tribunal em que estava sentado e disse a Jesus: A tua nação te condenou como rei; por isso, decretei que primeiro deves ser açoitado de acordo com a lei dos imperadores devotos, e depois pendurado na cruz no jardim em que foste levado; e que Dimas e Gestas, os dois malfeitores, sejam crucificados contigo.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 364.

Então és Rei?

“Pilatos disse-lhe: Então és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei; por essa causa nasci e vim, para que todo aquele que é da verdade ouça minha voz. Pilatos disse-lhe: O que é a verdade? Disse-lhe Jesus: A verdade é
do céu. Pilatos diz: Não há verdade sobre a terra? Jesus disse a Pilatos: Vês como os que falam a verdade são julgados por aqueles que têm autoridade na terra.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 270.

Pilatos Levanta-se do Tribunal

“Ora, quando Pilatos viu isso, ficou com medo e procurou levantar-se do tribunal. E embora ele ainda pensasse em se levantar, sua esposa enviou-lhe um recado, dizendo: Não tenhas nada a ver com este homem justo, porque sofri muitas coisas por causa dele à noite.”

Nascimento, Peterson do. O Evangelho Segundo Nicodemos (Coleção Apócrifos do Cristianismo Livro XI) – Versão Kindle, Posição 226.