Conexão Com as Leis de Deus

“Uma vez que todos os negócios, direta ou indiretamente, estão conectados com as leis de Deus, traga a presença consciente de Deus para sua mente por meio da meditação, a fim de resolver seus problemas dados por Ele.”

YOGANANDA, Paramahansa. Como Despertar Seu Verdadeiro Potencial. Ed. Pensamento. Versão Kindle, 2019, Posição 1026.

Emoções, Aprendizados e Deasafios

“O que mais? Se você soubesse a resposta, qual seria? Que critérios você está usando? Se alguém lhe dissesse ou fizesse isso, o que você sentiria/pensaria/faria?

(…)

“A chave para o poder da aprendizagem pela ação reside na qualidade e no fluxo das perguntas… especialmente as mais difíceis, nos fazem pensar e aprender.”

(…)

“Afetivas – Como você se sente em relação a…? Criam conexões – Quais as consequências dessas ações? De esclarecimento – Você poderia explicar melhor isso?”

(…)

“Contratação – Quais são os seus desafios? Como eu/esse processo podemos ser úteis para você? Metas – Quais resultados você quer atingir? Qual é a relação desse desafio com suas metas pessoais? Planejamento – O que você sabe e o que não sabe sobre o desafio? Quais decisões vai delegar? Padrões – Existe algum padrão de relacionamento envolvido? Qual é o gatilho (evento) que promove o padrão? Limites – Qual é a clareza que as pessoas possuem do que é esperado delas? Avaliação – Como você acha que se saiu? Quais desafios continua
enfrentando? Qual próximo passo deseja tomar?”

GOLDEMBERG, Gilda. Perguntas Poderosas: Um guia prático para aprender a
perguntar e alcançar melhores resultados em coaching. Ed. Casa do Escritor – 2a Edição, 2019. Versão Kindle, posição 716-751.

Perguntas para Entender

“Pergunta para se conectar – O que lhe dá maior satisfação na vida? Como você gostaria de ser lembrado? Pergunta para entender a agenda – O que é importante para você agora? Quais são os projetos/iniciativas em que você está envolvido? Pergunta para empatizar – Quais opções acha que tem? Como se sente sobre isso? Pergunta para feedback – (em nosso trabalho) O que tem sido mais útil para você? O que mais pode melhorar para ajudálo a atingir seus objetivos?”

GOLDEMBERG, Gilda. Perguntas Poderosas: Um guia prático para aprender a
perguntar e alcançar melhores resultados em coaching. Ed. Casa do Escritor – 2a Edição, 2019. Versão Kindle, posição 669.

O Novo Professor

Em meditação | Dia II

Mentalizo interiormente um banho de luz, na luz de todas as luzes. Simplesmente de deixo banhar e iluminar. Depois de um tempo, me pergunto mentalmente “Por onde será que anda o General?”. E o ouço um tanto quanto distante:

Oras, eu tenho mas o que fazer, não é meu jovem? (risos)

Em verdade esse novo professor há de ser muito proveitoso para esta etapa da nossa jornada. O segredo é continuar estabelecendo um vínculo afetivo de conexão e ideais com as correntes de pensamento que fluem da sua obra, e mais brevemente ele terá plenas condições de se comunicar com menor esforço com você. 

30 minutos depois

Resolvo inverter a ordem na agenda para seguir com os estudos de Yoganada, na tentativa de finalizar a organização de duas aulas para sexta-feira, quando me deparo com o texto:

“Não é necessário para um discípulo estar na companhia do guru a fim de receber suas bênçãos. O mais importante é estar espiritualmente em sintonia com o guru, pois sua ajuda é conferida ao discípulo primeiramente no plano espiritual interno, e não por meios materiais.

Se o discípulo se mantém sem uma atitude crítica, considerando o mestre com amor e reverência incondicionais, e segue lealmente seus preceitos, tal receptividade torna mais fácil o trabalho do guru.  A sintonia cria um elo entre a ajuda do guru e o esforço sincero do discípulo, ainda que o guru não esteja mais encarnado na Terra.”

YOGANANDA, Paramahansa. A Segunda Vinda de Cristo, A Ressurreição do Cristo Interior. Comentário Revelador dos Ensinamentos Originais de Jesus. Vol. I. Editora Self, 2017, págs. 127-129.

Conexão Empática e Conselhos

“Não percebem que todos os seres humanos, quando estão sofrendo, precisam de presença e empatia. Talvez até queiram conselhos, mas isto precisa vir depois de receberem conexão empática. (…)”

ROSENBERG, Marshall. Criar Filhos Compassivamente: Maternagem e Paternagem na Perspectiva da Comunicação Não Violenta. São Paulo: Palas Athenas, 2020, pág. 21.

O Exagero Desengaja

Exageros nos desengajam do presente em uma medida ou outra, o que significa que perdemos nossa conexão com o mundo ao nosso redor. No caso da economia, quando a bolha da prosperidade estoura, ela nos força a voltar para as coisas básicas da vida: comida e aluguel. Começamos a nos fazer perguntas básicas: “Como eu poderia simplificar minha vida? Como posso me adaptar às mudanças que vejo ao meu redor? Talvez devesse começar uma horta, talvez adquirir algumas galinhas para poder ter ovos”.

MATTIS-NAMGYEL, Elizabeth. O Poder de uma Pergunta Aberta: o caminho do Buda para a liberdade. Teresópolis, RJ: Lúcida Letra,  2018. p. 63.

Conexão entre Mundos

” (…)

– Temos aqui unidos tipos habituais de comunicação nas ocorrências de morte. Pela persistência com que se repetem, os cientistas do mundo são constrangidos a examiná-los. Alguns atribuem esses fatos a transmissões de ondas telepáticas, ao passo que outros neles encontraram os chamados “fenômenos de monição”. Isso tudo, porém, reduz-se na Doutrina do Espiritismo à verdade simples e pura da comunhão direta entre as almas imortais.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, Capítulo 21.

A Importância da Mente

“– Por que motivo a energia transmitida pelos amigos espirituais circula primeiramente na cabeça dos médiuns?

– Ainda aqui – disse Áulus –, não podemos subestimar a importância da mente. O pensamento influi de maneira decisiva, na doação de princípios curadores. Sem a ideia iluminada pela fé e pela boa-vontade, o médium não conseguiria ligação com os Espíritos amigos que atuam sobre essas bases.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, Capítulo 17.

Projeção de Energia em Prece

“Clara e Henrique, agora em prece, nimbavam-se de luz. Dir-se-ia estavam quase desligados do corpo denso, porque se mostravam espiritualmente mais livres, em pleno contacto com os benfeitores presentes, embora por si mesmos não no pudessem avaliar.

Calmos e seguros, pareciam haurir forças revigorantes na intimidade de suas almas. Guardavam a ideia de que a oração lhes mantinha o espírito em comunicação com invisível e profundo manancial de energia silenciosa.”

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, Capítulo 17.

Apoio Energético Central

“(…) Muitos médiuns funcionavam no recinto, colaborando em favor dos serviços de ordem geral a se processarem harmoniosos, todavia, observávamos que Dona Ambrosina era o centro da confiança de todos e o objeto de todas as atenções.

Figurava-se, ali, o coração do santuário, dando e recebendo, ponto vivo de silenciosa junção entre os habitantes de duas esferas distintas.”

(…)

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, Capítulo 16.