A Chave-Mestra

“Com a Chave-Mestra em seu poder, o estudante poderá abrir as diversas portas do templo psíquico e mental do conhecimento e entrar por elas livre e inteligentemente. Este Princípio explica a verdadeira natureza da Força, da Energia e da Matéria, como e por que todas elas são subordinadas ao Domínio da Mente. Um velho Mestre hermético escreveu, há muito tempo: “Aquele que compreende a verdade da Natureza Mental do Universo está bem avançado no Caminho do Domínio” E estas palavras são tão verdadeiras hoje, como no tempo em que foram escritas. Sem esta Chave-Mestra, o Domínio é impossível, e o estudante baterá em vão nas diversas portas do Templo.”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 21.

O Embrutecimento da Matéria

A matéria não é mais que a força mental coagulada. Para exprimir isto os cabalistas comparam o Espirito a um pedaço de estanho, que em contato com o calor (Amor divino, Luz divina, Æsch) – derrete, se sutiliza e purifica; porém, estando afastado desse calor, endurece, condensa-se e cai na matéria (mentira da sensibilidade reflexa). ”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 20.

A Existência na Mente

“Ensina também que todo o mundo fenomenal ou universo é simplesmente uma Criação Mental do TODO, sujeita às Leis das Coisas criadas, e que o universo, como um todo, em suas partes ou unidades, tem sua existência na mente do TODO, em cuja Mente vivemos, movemos e temos a nossa existência.”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 20.

O Todo é Mente

“Este Principio contém a verdade que Tudo é Mente, Explica que O TODO (que é a Realidade substancial que se oculta em todas as manifestações e aparências que conhecemos sob a nome de Universo Material. Fenômenos de Vida, Matéria, Energia, numa palavra, sob tudo o que tem aparência aos nosso sentidos materiais) é ESPÍRITO, É INCOGNOSCÍVEL & INDEFINÍVEL em si mesmo, mas pode ser considerado como uma MENTE VIVENTE INFINITA e UNIVERSAL.”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 20.

A Lei da Atração

Diz o Caibalion:

“Em qualquer lugar que estejam os vestígios do Mestre, os ouvidos daquele que estiver preparado para receber o seu Ensinamento se abrirão completamente”.

“Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir, então vêm os lábios para os encher com Sabedoria”.

De modo que, de acordo com o indicado, só dará atenção a este livro aquele que tiver uma preparação especial para receber os Preceitos que ele transmite. E, reciprocamente, quando o estudante estiver preparado para receber a verdade, também este livro lhe aparecerá. Esta é a Lei. O Princípio hermético de Causa e Efeito, no seu aspecto de Lei de Atração, levará os ouvidos para junto dos lábios e o livro para junto do discípulo Assim são os átomos!

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 17,18.

Compreensão da Filosofia Hermética

“Estes preceitos constituíam realmente os princípios básicos da Arte da Alquimia Hermética que, contrariamente. ao que geralmente se crê, baseia-se no domínio das Forças Mentais, em vez de no domínio dos Elementos materiais; na Transmutação das Vibrações mentais em outras, em vez de na mudança de uma espécie de metal em outra. As lendas da Pedra Filosofal, que transformava qualquer metal em ouro, eram alegorias da Filosofia hermética perfeitamente entendidas por todos os estudantes do verdadeiro Hermetismo.”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 17.

Preceitos Herméticos sem Religião

“Ainda em nossos dias empregamos o termo hermético no sentido de secreto, fechado de tal maneira que nada escapa, etc., pela razão que os discípulos de Hermes sempre observaram o princípio do segredo nos seus preceitos. Eles ignoravam aquele não lançar as pérolas aos porcos, mas conservavam o preceito de dar leite às crianças, e carne aos homens feitos, máximas que são familiares a todos os leitores das Escrituras Cristãs, mas que já eram usadas pelos egípcios, muitos séculos antes da era cristã. Os Preceitos herméticos estão espalhados em todos os países e em todas as religiões, mas não pertencem a nenhuma seita religiosa particular.”

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 15.

O Preparo do Discípulo

“Mas esses poucos não esqueceram nem desprezaram os preceitos originais de Hermes, que tratam da transmissão das palavras de verdade aos que estão preparados para recebê-la, a respeito dor quais diz o Caibalion: “Em qualquer lugar que se achem os vestígios do Mestre, os ouvidos daqueles que estiverem preparados para receber o seu Ensinamento se abrirão completamente.” E ainda: “Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir, então vem os lábios para enchê-los com sabedoria.” Mas a sua atitude habitual sempre esteve estritamente de acordo com outro aforismo hermético também do Caibalion: “Os lábios da Sabedoria estão fechados, exceto aos ouvidos do Entendimento. “

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 10.

Aos Preparados para a Verdade

“Estes homens nunca procuraram a aprovação popular, nem grande número de prosélitos. São indiferentes a estas coisas, porque sabem quão poucos de cada geração estão preparados para a verdade, ou podem reconhecê-la se ela lhes for apresentada. Reservam a carne para os homens feitos, enquanto outros dão o leite às crianças. Reservam suas pérolas de sabedoria para os poucos que conhecem o seu valor e sabem trazê-las nas suas coroas, em vez de as lançar ao porco vulgar, que enterrá-las-ia na lama e as misturaria com o seu desagradável alimento mental. 

Três Iniciados. O Caibalion, estudo da filosofia hermética do antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 09.

A mente é a base

“… A mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos.

“Não ignoramos que o universo, a estender-se no Infinito, por milhões e milhões de sóis, é a exteriorização do pensamento Divino, de cuja essência partilhamos, em nossa condição de raios conscientes da eterna Sabedoria, dentro do limite de nossa evolução espiritual.

Xavier, Francisco Cândido / André Luiz. Nos Domínios da Mediunidade. Federação Espírita Brasileira, Brasília, 1955, pp. 11-18.