Indícios e Panorama

“É possível, portanto, que o Sudário tenha passado pela Grécia depois de ter sido retirado de Constantinopla, e que de lá tenha chegado à Europa por canais ainda não definidos embora as sanções pontifícias as obras constantinopolitanas possam justificar a escassez de documentos que ainda deverão ser aprofundados.”

ZACCONE, Gian Maria. Nas Pegadas do Sudário: História antiga e recente. São Paulo: Edições Loyola, 1999, pág. 42.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.