A Paixão Corporal de Jesus

“É curioso verificar quantas asneiras esses materialistas modernos são capazes de dizer em matéria científica. Notemos que o único evangelista que relata o fato é um médico. E nosso venerado confrade Lucas, “medicus carissimus” como o chama São Paulo em sua carta aos Colossenses, o faz com a precisão e concisão de um clínico. A hematidrose é fenômeno raro, mas bem descrito. Aparece segundo Dr. Le Bec “em condições completamente especiais: uma grande debilidade física, acompanha da de um abalo moral, seguido de profunda emoção e de grande medo (Le Supplice de la Croix, Paris, 1925, loc. cit.) (et coepit pavere et edere).(…) Uma vasodilatação intensa de capilares subcutâneos que se rompem em contato com os fundos de saco de milhões de glândulas sudoríparas. O sangue se mistura ao suor e se coagula na pele após a exsudação. É esta mistura de suor e de coágulos que se reúne e escorre por todo o corpo em quantidade suficiente para cair por terra. Notai que essa hemorragia microscópica se produz em toda a pele, que fica portanto atingida e prejudicada em seu conjunto e, de algum modo, dolorida e mais sensível para todos os golpes futuros. Mas passemos adiante.”

BARBET, Pierre. A Paixão de Cristo, segundo o cirurgião. São Paulo: Edições Loyola, 2014, pág. 195.

 

 

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.