A Verdade da Reencarnação

Os hermetistas consideram a cadeia das vidas como contínua, e como formando parte de uma vida do indivíduo, de modo que, por conseguinte, o movimento rítmico por esta forma é compreendido, enquanto que não teria significação sem que fosse admitida a verdade da reencarnação.

Três Iniciados. O Caibalion: Estudo da Filosofia Hermética do Antigo Egito e da Grécia. Editora Pensamento: São Paulo, 2018, pág. 96.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Um comentário em “A Verdade da Reencarnação”

  1. O hermetismo crê no mesmo conceito de encarnação espírita ou há uma diferença. Eu estudando o Caibalion e outras fontes do hermetismo não consigo chegar a essa conclusão. É como se esse tipo de encarnação, de uma individualização da alma de modo permanente encarnando diversos corpos, fosse a peça que não se encaixa em toda lógica restante. Para mim a alma é uma gota retirada do oceano. Após o desencarne, esta gota volta ao oceano. Gostaria de aprender contigo através dessa dúvida. Fraterno abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *