Fenômenos em Meio à Névoa

“Face àquela evidência de supranormalidade, estimulamo-nos para a busca de um contato, que se nos afigurava imediato. Já muito próxima, porém, “aquela coisa”, uma chalana talvez, como costumamos denominar esses pequenos objetos envolveu-se em uma névoa e pouco a pouco ficou velada, deixando apenas o piscar daquela estranha luz rósea agora já fosca, da qual, em meio à tal névoa, nos aproximamos à distância presumível de cinco a dez metros, quando a Sra. Enita Uchôa, minha esposa, exclama temerosa: – “Cuidado, cuidado, você vai bater nisso!”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 61.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.