Genealogia de Jesus

“O que acabamos de relatar representa apenas parte de centenas de fatos que poderiam ser apresentados para demonstrar que os pais de Jesus eram gentios e falavam uma língua que não era a judaica. Isto nos faz imediatamente questionar a genealogia exaustivamente apresentada na Bíblia para provar que Jesus era descendente da Casa de Davi. Esta genealogia é apresentada na Bíblia por dois autores diferentes e as gerações apresentadas por ambos não concordam entre si. Além desta discrepância, a genealogia é apenas uma tentativa por parte dos admiradores e seguidores posteriores de Jesus de fazer parecer que Ele descendia da de Davi, tal como era esperado pelos judeus. Devemos ter em mente que em nenhuma ocasião de Sua vida Jesus se referiu a seus ancestrais, nem deu a entender aos judeus que Ele era o Messias da Casa de Davi que eles tanto aguardavam. Também nada encontramos em registros históricos contemporâneos, ou entre os registros judaicos autênticos, que indique que, durante a vida de Jesus ou nos primeiros cem anos após o seu tempo, os judeus ou quaisquer outros acreditassem em Jesus como descendente da Casa de Davi. Exatamente quando a genealogia que tentava introduzir esta ligação foi preparada e introduzida nos escritos sagrados não se sabe, mas certamente foi uma adição bastante posterior.

LEWIS, H. Spencer. A Vida Mística de Jesus. Curitiba, PR: AMORC, 2001, p. 55-56.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.