O que penso…

Quando conectamos o grande com o ruim, acionamos o pensamento que escolhe. Minimizar nossa trajetória traz sensação de segurança. Ficar onde estamos traz sensação de prudência. Mas o oposto é verdadeiro: se o grande é tido como mal, o pensar pequeno toma conta e o grandioso nunca tem chance.

Keller, Gary; Papasan, Jay. A única coisa. Novo Século Editora, Barueri, 2014, p. 81.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *