O Véu místico

“O Véu místico tantas vezes citado em relação aos templos de mistério do Egito, e do qual se originou o Véu do santuário judaico, ocultava a entrada para o Santo dos Santos, um espaço vazio no templo, onde nada havia a não ser a lousa de pedra, o Eben Shethyah, ou pedra angular, que segundo a tradição cobria a boca do abismo sobre o qual o mundo fora edificado.”

LEWIS, H. Spencer. A Vida Mística de Jesus. Curitiba, PR: AMORC, 2001, p. 150.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.