A arte de perguntar

Voltaire escreveu, certa vez: “Julgue um homem por suas perguntas, em vez da suas respostas”. Sir Francis Bacon acrescentou: “Uma questão prudente já é metade do conhecimento”. Indira Gandhi concluiu: “O poder de questionar é a base de todo progresso humano”.

Keller, Gary; Papasan, Jay. A única coisa. Novo Século Editora, Barueri, 2014, p. 97.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *