A Perspectiva da Sutileza

“A nós se nos afigura válida conclusão ou hipótese, imposição dos fatos, admitir-se àquela onda um “substratum’ de substância ou de matéria de nível mais sutil, quintessenciado, que chamaríamos etérico, abrindo-nos a perspectiva de uma sutileza, digamos assim além da matéria comum do nosso espaço, segundo o conceituamos e em que lidamos com as características e propriedades da matéria, conforme a conhecemos.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 75-76.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.