Não Há Movimento Que se Realize Sem Atrito,

Diário Espiritual de 10 de junho de 2019

“Não há movimento que se realize sem atrito, pois os “gigantes” já concluíram que a energia é a liberação do casulo da matéria. Desta forma, toda transformação traz, como a palavra já o indica, a ação de dar forma ao mover-se por estados de transitoriedade.

Contudo, a linha condutora dos movimentos de mudança deve ser o amor e a fraternidade, ainda que a verdade seja dura quebra de ilusões, deve ser amenizada… anestesiada, por assim dizer, pelo amor, sempre pronto a socorrer. Avancemos, pois a marcha é imperiosa ao progresso. Como você mesmo assimilou: É da Lei do Ritmo que quem não está no fluxo, acaba nas margens.”

General Uchôa

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.