Psicofonia na Oficina de Mediunidade

Diário Espiritual de 27 de outubro de 2018

“Sem dúvida, uma experiência marcante na Oficina de Mediunidade. O tema dos estudos de hoje era Psicofonia. A reunião começou, e assim tem se mostrado, como um laboratório espiritual. Recebemos espíritos e com eles falamos através da psicofonia da Mônica Gimenez. Espíritos que estudam junto do Círculo.

A reunião avançou. Após o estudo, entramos todos em sintonia para novas manifestações e muitos puderam provar o dom mediúnico que se manifestava a medida em que cada médium emprestava a voz à grande assembléia de espíritos que nos rodeava. Um a um, eles davam como que um passo à frente, estabelecendo a ligação com um médium da roda, pelo qual falava.

Ao final, sentia fortemente a presença do General, mas lhe disse que não repetiria o que ele me dissesse mentalmente; que se desejasse se comunicar com o grupo, que o fizesse por psicofonia como o Mitchell fizera em Belo Horizonte.

Logo senti como que uma pressão suave na laringe e uma vontade incontida de começar a falar. Nada pensava ou ouvia, senão a primeira frase dele. Ouvia a minha própria voz diferente, com o sotaque e entonação dele, quando mais jovem, na ocasião do fechamento do I Congresso Internacional de Ufologia de Brasília. O mais curioso foi que as pessoas notaram a diferença e uma onda de energia e emoção tomou os presentes.”

Foi um alegria só.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.