Dai a César e a Deus

Dai a César”: a atitude espiritual com relação ao cumprimento dos deveres mundanos.

Dai a vosso rei terreno, César, aquilo que é terreno, tal como o Dai tributo monetário que ele considera seu” – disse Jesus aos fariseus-, “mas em vosso coração dai a Deus todo o crédito e toda a reverência, porque Ele é o Soberano Supremo, o verdadeiro possuidor de todas as coisas materiais e mentais, terrenas e celestiais“.

Jesus assim aconselha a todos os devotos que obedeçam aos costumes de seu país e acatem suas leis, como é o caso do pagamento de impostos. Porém, enquanto cumprem as obrigações mundanas, eles devem internamente prestar a homenagem de sua alma a Deus apenas, Aquele que é o Rei dos reis e, como Criador de nosso país de origem, da Terra, do céu, é o Possuidor de todas as coisas que neles existem, qualquer que seja sua natureza: familiar, social, nacional, internacional e cósmica.

(…)

A verdadeira religião é uma arte de viver que harmoniza todos os aspectos do dharma humano – suas justas obrigações materiais, mentais, sociais, morais e espirituais – sem negligenciar tudo aquilo que é necessário para uma boa harmonia em corpo, mente e alma. As palavras de Jesus “dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” nos recordam que, enquanto vivemos no mundo material, esquivar-nos das responsabilidades materiais denota falta de sabedoria. (…) A serenidade de um santo na solidão do Himalaia não é perturbada pelas contracorrentes conflitantes dos deveres sociais e espirituais; no entanto, maior é a grandeza do devoto cujos feitos espirituais podem passar incólumes por todos os desafios do severo campo de provas do mundo.”

YOGANANDA, Paramahansa. A Segunda Vinda de Cristo, A Ressurreição do Cristo Interior. Comentário Revelador dos Ensinamentos Originais de Jesus. Vol. III. Editora Self, 2017, pág. 188.

Capítulo 65 : Jesus ensina pela última vez no templo de Jerusalém.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.