Discurso 26

As Beatitudes

O Sermão da Montanha, parte I

 

A bem-aventurança experimentada por aqueles que estão livres de apegos materiais

A satisfação da fome interior pela Verdade

O misericordioso Jesus expressou a verdadeira natureza de Deus

Yoga: purificação do ser interior para a percepção de Deus

O verdadeiro “pacificador”: aquele que medita e vive como Cristo ensinou

O reino de alegria alcançado por aqueles que vivem e morrem conforme os princípios da conduta correta

As pessoas espirituais são “o sal da terra” e “a luz do mundo”

Beatitude significa a felicidade, a bem-aventurança, do céu. Jesus aqui expõe com força e simplicidade (…) princípios por meio dos quais a vida do homem se torna abençoada, repleta de bem-aventurança celestial.”

 

YOGANANDA, Paramahansa. A Segunda Vinda de Cristo, A Ressurreição do Cristo Interior. Comentário Revelador dos Ensinamentos Originais de Jesus. Vol. I. Editora Self, 2017, pág. 477.

Capítulo 26: As Beatitudes. O Sermão da Montanha, Parte I.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.