Perseverança

Diário Espiritual de 12 e 13 de fevereiro de 2019

12 de fevereiro: dia corrido com o trabalho. A noite, pela primeira vez no Perseverança, anunciando QUANDO LEMBRO DE CHICO. Dona Guiomar foi muito solicita em apoiar o filme antes mesmo de vê-lo. Disse que ouviu falar mal. Discordei e expus meus motivos. Ela cedeu, e disse gostar muito de mim e querer manter contato, para acompanhar nosso trabalho. 

Fui orando o caminho todo, de muito trânsito. Cheguei a intuição de que a Uniespírito é o trabalho de nosso sustento, a Círculo o trabalho de nossa missão. Embora ambos sejam sustento e missão, nossa estabilidade vai vir da Uniespírito, para que tenhamos condições de investir o que o Círculo gerar no próprio Círculo, e assim estabelecer a Sede.

[…]

13 de fevereiro:

“O cerne da questão sobre a qual você medita não está na grande agremiação de seres humanos nem na própria instituição em si, já que ao instituir determinada tarefa, os seres a conectam, ou deveriam conectá-la, a um propósito elevado.

A questão está na maturidade do ser e sua autonomia filosófica ainda pobres para que perceba a realização das Leis Universais. Tendo como foco de realização estas Leis, tudo fica diferente, tudo flui.

Eis o cuidado, o foco e o compromisso que o Círculo deve assumir. Trilha hoje os caminhos que devem nortear tal busca, mas seja consciente da tua missão.”

General Uchôa

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.