A Existência de Seres Multidimensionais

“Por outro lado, em decorrência de vários anos de pesquisa direta, objetiva, material no campo ufológico de que trata o segundo livro, fomos conduzidos a um verdadeiro revigoramento do que inferimos por HIPERESPACIAL. Mostramos, então, como HIPERESPAÇO de par com o HIPERTEMPO, nova dimensão do tempo que seria própria de uma consciência em expressão no HIPERESPAÇO poderia explicar o aparentemente inexplicável da presença entre nós de objetos e operadores conscientes e inteligentes de mundos s distantes, estelares, em visita ao nosso, à nossa Terra. Se a ciência aceita e e proclama a inviabilidade de vida nos planetas do nosso sistema, face a dados objetivos que possui, nada pôde ou não pode dizer de análogo sobre planetas extra-solares, sobre possíveis humanidades de outros sóis, outras estrelas. Pelo contrário; desde que há praticamente um número infinito de estrelas ou sóis e desde que a espectroscopia assegura a identidade da substância, da matéria, por toda parte, o trato estatístico do problema leva à probabilidade da existência de milhares e milhares de mundos possivelmente habitados, mesmo condicionados a uma vida elevada de expressão consciente, tal como a temos em nosso globo.”

UCHÔA, Alfredo Moacyr. Mergulho no Hiperespaço. Dimensões Esotéricas na Pesquisa dos Discos Voadores. Brasília, 1976, pág. 72.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.