Transferência dos Arquivos de Monte Carmelo

“Cerca de quatrocentos anos após o início do período cristão, o mosteiro e a escola do Monte Carmelo foram abandonados, deixando de ser o principal centro educativo da Grande Fraternidade Branca; a esplêndida biblioteca e seus milhares de manuscritos e registros foram transferidos para o mosteiro secreto no Tibete, onde continuam a ser preservados e onde é a maior de todas as escolas de misticismo e literatura sagrada.’

LEWIS, H. Spencer. A Vida Mística de Jesus. Curitiba, PR: AMORC, 2001, p. 138.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.