Almas Perdidas e Espíritos Diabólicos

“Em raras ocasiões, a insanidade não se deve a um transtorno do cérebro, mas à possessão por almas perdidas, algumas das quais são espíritos malignos demoníacos que podem ser exorcizados ou expulsos por agentes de cura como Cristo.

(…) uma alma perdida de natureza demoníaca é muitas vezes o espírito desencarnado de um assassino, ou de algum outro perverso criminoso, ou de um indivíduo devasso – um “demônio”. Por causa de uma profana desconsideração para com a santidade da vida, seu próprio karma condena o espírito de tais pecadores a uma existência horripilante nas esferas inferiores do mundo astral, onde eles permanecem “presos à terra”, perambulando desconsoladamente em regiões tenebrosas do espaço etéreo astral.

(…)

Tais espíritos diabólicos que se apinhavam no cérebro de sua vítima deleitavam-se sumamente com sua liberdade em meio às percepções de um mundo repleto de objetos definidos e em que podiam desfrutar, através do cérebro do indivíduo possuído, as sensações de som, luz, paladar, olfato e tato. Temiam que lhes fosse negada a possibilidade de seguir passeando no veículo corporal – que mantinham à deriva num mundo de sensações e cenários físicos – e que fossem novamente arrojados ao inferno e aos pesadelos de uma obscura existência subconsciente, “o abismo.

(…)

Os espíritos imundos, juntamente com as almas (a consciên individualizada em processo de evolução) dos porcos, viram-se for dos a regressar à obscura região astral dos seres não evoluídos – Os es píritos malignos foram arrojados novamente ao estado subconsciente dos pesadelos que eles mesmos criaram; as almas dos porcos em breve reencarnariam em formas de vida mais desenvolvidas, de acordo com a ordem natural da evolução ascendente.”

YOGANANDA, Paramahansa. A Segunda Vinda de Cristo, A Ressurreição do Cristo Interior. Comentário Revelador dos Ensinamentos Originais de Jesus. Vol. II. Editora Self, 2017, pág. 178-180.

Capítulo 38: “A tua fé te salvou” A tempestade, a doença, os demônios e a morte curvam-se diante da vontade de Jesus.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.