Despertar dos Mortos

“Jesus libertou-se de todas as vibrações obstrutivas da dúvida, afastando do seu ambiente aqueles cujos pensamentos estavam entregues ao testemunho da morte. Então, com o corpo carregado de energia cósmica dinâmica, Jesus tomou a mão da jovem morta com sua mão direita e fez com que nela vibrasse seu poder doador de vida, ordenando-lhe: “Menina, pela consciência divina e vibração cósmica que estão presentes em mim e em teu corpo morto, eu vibro e ordeno, com minha vontade cósmica, que te tornes consciente dessa energia cósmica doadora de vida e abandones teu sono da morte. Desperta!”

Por meio da Inteligência Crística que governa todas as forças e os seres astrais, e exercendo sua vontade universal, Jesus ordenou à alma da menina – que já se encontrava em um corpo astral – que retornasse a seu corpo físico, o qual ele havia recarregado com força vital proveniente da energia cósmica. A criança teve uma cura instantânea e ergueu-se de seu leito.

(…) então instruiu que se desse algo de comer à menina para que sua consciência se acostumasse novamente às sensações do corpo físico, após sua breve experiência como um ser astral no mundo astral de luz e energia vibratória. Quando os santos voltam de um profundo estado de êxtase, com frequência bebem água ou ingerem um alimento leve a fim de reavivar a consciência do corpo.”

YOGANANDA, Paramahansa. A Segunda Vinda de Cristo, A Ressurreição do Cristo Interior. Comentário Revelador dos Ensinamentos Originais de Jesus. Vol. II. Editora Self, 2017, pág. 186.

Capítulo 38: “A tua fé te salvou” A tempestade, a doença, os demônios e a morte curvam-se diante da vontade de Jesus.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.