Como posso?

Em meditação | Dia XIV

Como posso ver a sua luz, se te encontro na escuridão do meu interior?

Como posso sentir o seu perfume me envolvendo, se a frangância do seu espírito está para além do meu olfato?

Como posso me sentir aquecido pela sua presença, se esta me escapa ao tato?

Como posso me saciar de você, quando seu alimento de nutre para além da euforia do meu paladar?

Como posso ouvir a sua voz me falar, quando o seu silêncio não faz meus tímpanos vibrarem?

E ainda assim, te vejo sem te ver, sinto o cheiro da sua presença sempre imanente, te sinto sem te tocar, me nutro ao te ouvir em silêncio me falar da plenitude imóvel que me habita e me plenifica.

Publicado por

Juliano Pozati

Strengths coach, Escritor, Espiritualista e empreendedor. Membro do Conselho do The Institute for Exoconsciousness (EUA). Meio hippie, meio bruxo, meio doido. Pai do Lorenzo e fundador do Círculo. Bacharel em Marketing, expert em estratégia militar, licenciando em filosofia. Empreendedor inquieto pela própria natureza. Seu fluxo é a realização!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.